cellardoor lança disco feito em parceria com cantoras estrangeiras

E se os mares e os rios não foram vistos como divisórias, mas como elementos de união, já que são compartilhados pelas terras dos dois lados? Tendo as conexões como o conceito central da obra, o artista André Graciotti lança mais um álbum com seu projeto cellardoor: Seashores & Riversides, com nove faixas feitas em parceria com cantoras estrangeiras que o produtor e compositor conheceu enquanto navegava pela Web.

Acompanhando a natureza multimídia com que ele trabalha – André é também designer e artista visual com experiência em diversas plataformas -, o disco inova ao ter seu encarte apresentado através de um perfil no Instagram: @seashores_and_riversides. Através da rede social, cada post apresenta visualmente as novas músicas em um formato apropriado para a produção e a recepção em 2018, assim como revela um pouco mais do conceito da obra.

‘The Resident’: FOX exibe último episódio da primeira temporada

Sem enxergar os limites geográficos, cellardoor canta sobre conexões entre pessoas, narrando em sua poesia histórias de uma complexidade emocional comum a diversos habitantes do nosso mundo globalizado. Como bem sabemos, já não há distância entre duas ideias, passados ou sonhos se a ligação entre os dois for verdadeira – “in my heart there are secret keys/that no one’s ever found/with you I shared my fantasies/a world with no locks around”, como versa a faixa Travellers, com a russa Valerie Warntz, que ganhou um videoclipe feito da mesma maneira com que o álbum foi feito: ela enviou sua parte para André, que montou toda a produção em casa – aqui deste lado do mundo.

As parcerias com as cantoras, que ele nunca conheceu pessoalmente, são mais argumentos a favor do conceito do lançamento. Essas ligações aconteceram por plataformas como Bandcamp e SoundCloud, nas quais os artistas reconheceram suas estéticas em comum e começaram assim amizades que fluíram até a produção de Seashores & Riversides.

Assista ao clipe de Travellers:

Sobre cellardoor :

Em poucos segundos ouvindo cellardoor, você logo se situa em um ambiente de texturas eletrônicas e de melancolia. Suas composições trazem narrativas sentimentais com timbres que logo nos levam a paisagens e climas propícios à introspecção, mesmo quando os beats e synths falam mais alto que os vocais. Dark e romântico ao mesmo tempo, ele trabalha referências que vão desde The Cure e Depeche Mode a nomes recentes, como Beach House e o onipresente Radiohead, realizando um pop que sabe dialogar diretamente com o cenário indie contemporâneo.

André Graciotti, o nome por trás do projeto, concentra nele toda sua criatividade na linguagem musical, diferente do que faz em sua carreira no design, com experiência no meio editorial e na publicidade. Com realizações em diversos formatos, do vídeo à escrita, ele traz grande ênfase na composição, além do primor na produção e no áudio como um todo, na hora de assinar como cellardoor.

Suas viagens pelo mundo servem de inspiração para todo o clima do projeto autoral, cujo caráter bastante globalizado conversa com nosso tempo em sua estética eletrônica e sinestésica. São cores e formas que transitam pelas melodias, como em cenas de um filme ou em lembranças do que vimos da janela de um trem, ônibus ou avião, para músicas de teor emocionalmente complexo sem abrir mão de uma veia mais pop.

Como cellardoor, André já lançou três discos cheios, seguidos de dois EPs, passeando por climas ora mais perto da dance music, ora em uma vibe mais folk, sempre na aventura de buscar novos cenários, texturas e até personagens para o seu som. Após já ter colaborado com diversos artistas de dentro e fora do Brasil – como um remix para o duo Godasadog -, ele foi assunto recentemente quando, ao lado de vários outros expoentes da cena independente do país, participou do disco colaborativo Raindown, em homenagem a Radiohead, dando sua cara a Where I End and You Begin.

Em 2018, cellardoor lançou Seashores & Riversides, álbum feito em parceria com cantoras de diversos países, com encarte multimídia publicado no Instagram. É sua música, mais uma vez, incorporando influências múltiplas em um formato que conversa com sua imaginação multimídia.

The post cellardoor lança disco feito em parceria com cantoras estrangeiras appeared first on Portal PopNow.